Psicologia, fonoaudiologia, neuropsicologia

Você está cumprindo as promessas do início do ano?

Você está cumprindo as promessas do início do ano?

Cumprir as promessas de fim de ano é um martírio para muitas pessoas. Você pode fazer tudo certo, mas às vezes, simplesmente não dá certo!

Segundo alguns especialistas em finanças, o que podemos controlar são nossas as ações, que são um conjunto de ações quem formam um PROCESSO. Ou seja, para evitar a frustração, devemos focar no processo e não nos resultados!

 

Confira algumas promessas comuns:

Emagrecer/ Fazer academia

Muitas pessoas focam no resultado, algo como “quero perder ‘tantos’ quilos este ano”.

O problema é que esse resultado não acontece por mágica, e sim como consequência de um processo.

Processo esse que envolve, principalmente, mudanças de estilo de vida, como uma alimentação mais saudável e a prática de atividades físicas, ou seja para que se alcance esse resultado é necessária uma atitude por parte da pessoa.

Dica: para dobrar as chances de sucesso no projeto de transformação física, não foque no resultado (“quero perder ‘tantos’ quilos”, e sim foque no processo “vou fazer uma hora de exercícios por dia” ou “vou eliminar o refrigerante do meu cardápio”, por exemplo).

Percebe? No processo temos algum controle. Já no resultado, não temos nenhum.

 

Acumular dinheiro

Estabelecer metas com “ter ‘tantos’ reais investidos” ou algo do gênero é algo muito interessante, mas assim como no caso da perda de peso, o foco está no resultado sobre o qual não temos controle.

Dica: em vez de focar em um valor específico, coloque seu foco em um processo no qual você tem controle, como “economizar pelo menos 10% do salário por mês” ou diminuir as compras de artigos supérfluos.

O foco no resultado (o saldo financeiro) leva algumas pessoas a fazer algumas coisas sem lógica para sentirem que estão cumprindo aquilo que prometeram como ter muitas dívidas, mas ter muito dinheiro guardado.

Isso vem da famosa conta mental. Primeiro pague as dívidas e depois comece a investir.

 

Relacionamentos

Há quem diga “quero arrumar um namorado, namorada, marido etc”. Arrumar um parceiro de qualidade é o resultado de um processo (claro que existem as exceções).

Dica: em vez de colocar seu foco em conseguir um alguém (algo que se feito com desespero pode acabar te levando a ficar com qualquer um que aparecer), isso é o resultado!

Então foque no processo de se tornar uma pessoa mais interessante, mais atraente e com um melhor “conteúdo”. Sendo assim, o resultado nem sempre fica tão visível, mas, acredite, as chances de ter sucesso são bem maiores.

 

Emprego/trabalho

“Quero mudar de emprego” ou “quero ganhar um aumento”, esses são os objetivos profissionais de ano novo. E são totalmente focados no resultado…

As empresas contratam pessoas e pagam salários em troca de algo de que precisam. Mas o que você tem a oferecer para conseguir o emprego ou salário que deseja? Você tem alguma habilidade ou característica pessoal pela qual o mercado está disposto a pagar?

Dica: Caso você não tenha algo a oferecer, seu foco deve estar em desenvolver essa atividade ou característica que pode te trazer o resultado desejado.

Então foque no processo de aprendizado e desenvolvimento. Foque no processo de descobrir o que o mercado precisa. O seu resultado virá.

Foque no processo! Mude o que você precisa mudar ou faça algo para se tornar uma pessoa ou profissional melhor, tomando atitudes e fazendo escolhas diferentes, certamente você alcançará um resultado diferente dos anos anteriores!

Foco nos processos e não nos resultados!

Informações do autor

patty